Vazamento De Dados Biométricos De Policiais Na Índia: Um Alerta

Voltar para Blog

Vazamento de Dados Biométricos de Policiais na Índia: Um Alerta para a Segurança de Informações Sensíveis

Em um incidente alarmante, milhares de agentes da lei e candidatos a cargos policiais na Índia tiveram suas informações pessoais, incluindo impressões digitais, imagens de escaneamento facial, assinaturas e detalhes de tatuagens e cicatrizes, vazadas online. Esse vazamento de dados biométricos sensíveis destaca os riscos associados à coleta e armazenamento desse tipo de informação por empresas e organizações.

Dados Pessoais Expostos

De acordo com o pesquisador de segurança Jeremiah Fowler, um total de quase 500 gigabytes de dados, abrangendo 1,6 milhão de documentos, foi encontrado em um servidor web exposto da empresa de tecnologia ThoughtGreen Technologies. Esses dados incluíam não apenas informações de agentes da lei, mas também de professores e trabalhadores ferroviários, como certidões de nascimento, diplomas, certificados de educação e formulários de emprego.

Riscos de Segurança para Agentes da Lei

O incidente é particularmente preocupante para os agentes da lei, pois muitos sistemas de verificação governamentais dependem de sistemas biométricos. Prateek Waghre, diretor executivo da organização de direitos digitais Indiana Internet Freedom Foundation, afirma que “se você tiver isso potencialmente comprometido, você está em uma posição em que alguém pode abusar e então ter acesso a informações que não deveria ter”.

Dados Biométricos à Venda no Telegram

Além do vazamento no servidor da ThoughtGreen Technologies, Fowler também descobriu um canal no Telegram que alegava estar vendendo dados da polícia indiana, incluindo informações específicas de indivíduos. Embora não tenha sido possível verificar completamente a autenticidade desses dados, a estrutura e as capturas de tela do canal correspondiam ao que Fowler havia encontrado no servidor exposto.

Necessidade de Leis de Proteção de Dados Mais Robustas

Shivangi Narayan, pesquisadora independente na Índia, afirma que a lei de proteção de dados do país precisa ser fortalecida, e que as empresas e organizações devem ter maior cuidado ao lidar com os dados das pessoas. Ela destaca que os vazamentos de dados estão se tornando tão comuns que as pessoas já perderam o “fator de choque de surpresa”.

Conclusão

O vazamento de dados biométricos de agentes da lei na Índia é um lembrete sombrio dos riscos associados à coleta e armazenamento de informações pessoais sensíveis. À medida que os governos, empresas e outras organizações em todo o mundo dependem cada vez mais de dados biométricos, é crucial que medidas de segurança robustas sejam implementadas para proteger esses dados e evitar abusos potenciais.

Referências

Burgess, M. (2023). Thousands of Indian Police Officers’ Biometric Data Leaked Online. WIRED.

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog
💬 Precisa de ajuda?