Grandes Empresas de Tecnologia se Unem Para Combater Emissões de GEE

Voltar para Blog

A Coalizão Symbiose: Grandes Empresas de Tecnologia se Unem para Combater as Emissões de Gases de Efeito Estufa

Algumas das maiores empresas de tecnologia, como Google, Meta, Microsoft e Salesforce, estão se unindo para tentar algo que muitos antes deles falharam em fazer: usar árvores para cancelar suas emissões de gases de efeito estufa. A Coalizão Symbiose é um esforço conjunto para apoiar projetos “baseados na natureza” com o objetivo de remover o dióxido de carbono da atmosfera.

O Desafio das Iniciativas de Compensação de Carbono Baseadas em Florestas

Empresas têm usado a estratégia de plantar árvores para tentar compensar suas emissões de gases de efeito estufa há décadas. A esperança é que o pagamento para restaurar florestas amplifique esse processo, supostamente contrabalançando a pegada de carbono das empresas. No entanto, um corpo crescente de evidências mostra que essa estratégia falha repetidamente.

Estudos recentes revelaram que muitos projetos de compensação de carbono não conseguiram evitar o desmatamento e que os benefícios climáticos reivindicados eram exagerados em até 300%. Além disso, uma investigação descobriu que 90% dos créditos de carbono de florestas tropicais eram “créditos fantasma” que provavelmente não representavam reduções reais nas emissões de gases de efeito estufa.

A Abordagem da Coalizão Symbiose

A Coalizão Symbiose parece acreditar que pode mudar esse cenário. As empresas se comprometeram a adquirir créditos de “projetos de restauração de alto impacto e baseados em ciência” que representem até 20 milhões de toneladas de dióxido de carbono capturado até 2030. Eles afirmam que irão avaliar cuidadosamente os projetos para garantir o controle de qualidade, com o objetivo de impulsionar a demanda por créditos de carbono que ganharam má reputação devido ao fracasso de muitas iniciativas de compensação de carbono no passado.

Desafios Persistentes e a Necessidade de Ações Mais Amplas

No entanto, os desafios permanecem. É difícil medir com precisão quanto dióxido de carbono uma árvore ou floresta absorveu, o que levou a projetos exagerando os benefícios climáticos. Além disso, plantar árvores é uma tarefa delicada, pois se elas não viverem por centenas de anos, acabarão liberando todo o carbono que armazenaram.

Mesmo com os esforços da Coalizão Symbiose, essas iniciativas ainda representam uma fração pequena das emissões produzidas por essas empresas. Para enfrentar efetivamente as mudanças climáticas, as empresas precisarão reduzir significativamente suas próprias emissões, em vez de depender apenas de projetos de remoção de carbono.

Referências

CALMA, Justine. Big Tech’s latest climate plan: Use trees to cancel out emissions. The Verge, 22 de maio de 2024.

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog
💬 Precisa de ajuda?