Google Enfrenta Desafios com Vídeos Explícitos

Voltar para Blog

Google e a luta contra vídeos explícitos

Em 2022, o Google se deparou com um desafio envolvendo vídeos explícitos de mulheres vítimas de um golpe. O site GirlsDoPorn foi responsável por distribuir vídeos de jovens coagidas a participar em conteúdo sexual. Apesar de esforços para remover os vídeos, o Google ainda enfrenta dificuldades em manter esses conteúdos fora dos resultados de busca.

Desafios enfrentados pelo Google

Após reuniões com vítimas e especialistas, o Google recebeu propostas para bloquear os vídeos do GirlsDoPorn. No entanto, a implementação dessas ideias ainda não ocorreu, deixando as vítimas frustradas. A empresa enfrenta críticas por não adotar medidas mais eficazes para proteger a privacidade das vítimas e evitar a disseminação de conteúdo não consensual.

Ações do Google e críticas recebidas

Embora o Google tenha tomado medidas para facilitar a remoção de resultados de busca indesejados, críticos argumentam que a empresa poderia fazer mais. Comparado às restrições rígidas aplicadas a conteúdo de abuso sexual infantil, a abordagem do Google em relação a vídeos explícitos de adultos é questionada. A falta de ações proativas para remover conteúdo não consensual é um ponto de preocupação levantado por defensores dos direitos das vítimas.

Desafios e perspectivas futuras

A complexidade em identificar e remover conteúdo não consensual de forma proativa é um desafio para o Google. Enquanto a empresa busca aprimorar suas ferramentas de remoção, críticos pedem uma abordagem mais assertiva e responsável. A pressão por ações mais efetivas para proteger vítimas de abuso online continua a crescer, destacando a importância de medidas mais robustas por parte do Google.

Referências:

Fonte: WIRED – Google ainda não consegue parar completamente deepfakes explícitos

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog
💬 Precisa de ajuda?