Evolução Dos Assistentes Virtuais: Microsoft Copilot Ganha Novos Recursos De Automação

Voltar para Blog

A Evolução dos Assistentes Virtuais: Microsoft Copilot Ganha Novos Recursos de Automação

A Microsoft está prestes a dar um passo significativo na evolução dos assistentes virtuais, permitindo que empresas e desenvolvedores criem Copilots alimentados por IA capazes de atuar como funcionários virtuais e executar tarefas automaticamente. Ao invés de ficar ocioso aguardando consultas, o Copilot poderá monitorar caixas de entrada de e-mail e automatizar uma série de tarefas ou entrada de dados que normalmente os funcionários precisariam fazer manualmente.

Copilots Proativos: Trabalhando para Você

Segundo Charles Lamanna, vice-presidente corporativo de aplicativos de negócios e plataformas da Microsoft, a empresa percebeu rapidamente que limitar o Copilot apenas a conversas era extremamente restritivo. “Em vez de ter um Copilot que fica lá até alguém conversar com ele, e se você pudesse tornar seu Copilot mais proativo e capaz de trabalhar em segundo plano em tarefas automatizadas?”, questiona Lamanna.

Essa nova capacidade está sendo disponibilizada em um grupo restrito de testadores de acesso antecipado, com uma prévia pública no Copilot Studio prevista para este ano. As empresas poderão criar um agente Copilot que possa lidar com tarefas de suporte de TI, integração de novos funcionários e muito mais.

Automatizando Tarefas Repetitivas

Lamanna argumenta que os agentes Copilot podem remover as tarefas repetitivas e monótonas dos empregos, como entrada de dados, em vez de substituir os empregos inteiramente. “O que torna um emprego, o que torna um cargo? É uma série de diferentes tarefas e, geralmente, é um número muito grande de tarefas muito diversas e heterogêneas. Se alguém fizesse uma coisa repetidamente, provavelmente já teria sido automatizada pela tecnologia atual”, explica.

Controles e Segurança

A Microsoft afirma ter construído uma série de controles no Copilot Studio para que o assistente não simplesmente vá à deriva e automatize tarefas livremente. Será possível construir agentes Copilot com a capacidade de sinalizar determinados cenários para revisão humana, o que será útil para consultas e dados mais complexos.

Expansão e Integração do Copilot

Além disso, a Microsoft está facilitando para as empresas trazerem seus próprios dados para seus Copilots personalizados, com conexões de dados para sites públicos, SharePoint, OneDrive e muito mais. Isso faz parte de um esforço mais amplo da empresa para tornar o Copilot mais do que apenas um chatbot que gera conteúdo.

Colaboração em Equipe com o Copilot

A Microsoft também quer que o Copilot trabalhe melhor com grupos de pessoas, em vez dessas experiências individuais que existiram no último ano. Um novo recurso chamado Team Copilot permitirá que o assistente gerencie agendas e anotações de reuniões, modere longos chats em equipe ou ajude a atribuir tarefas e acompanhar prazos no Microsoft Planner.

Referências

Referência: Microsoft will soon allow businesses to build AI-powered Copilots that can work like virtual employees

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog
💬 Precisa de ajuda?