A Luta de Meredith Whittaker Contra a Cultura da Indústria de Tecnologia

Voltar para Blog

A Luta de Meredith Whittaker Contra o “Ambiente de Fraternidade” da Indústria de Tecnologia

Meredith Whittaker, presidente da Signal, tem se manifestado cada vez mais sobre os sérios problemas que a sociedade enfrenta, desde a desinformação até o controle da inteligência artificial (IA) e o avanço do estado de vigilância. Em uma entrevista na VivaTech em Paris, Whittaker abordou diversos temas, incluindo a recente guerra de palavras da Signal com Elon Musk, Pavel Durov do Telegram e a liderança controversa da OpenAI, que ela comparou a “brincadeiras de dormitório”.

A Concentração de Poder na IA

Whittaker está preocupada com a concentração de poder nas cinco principais plataformas de mídia social, especialmente em um ano em que o mundo enfrenta um grande número de eleições gerais, não apenas nos EUA, mas também na Europa, que depende de gigantes de tecnologia baseados nos EUA. Ela argumenta que o relaxamento das regulações da UE não ajudará a Europa a competir com os gigantes de tecnologia dos EUA, nem será bom para a sociedade.

A Desinformação e o Papel das Plataformas de Mídia Social

Whittaker critica a obsessão da mídia com deepfakes impulsionados por IA, enquanto muitas vezes ignora como as plataformas de mídia social priorizam o engajamento hiperbólico em detrimento dos fatos. Ela defende que a proibição da publicidade de vigilância seria um bom primeiro passo para combater as patologias da indústria de tecnologia.

A Batalha Contra a Quebra da Criptografia

Whittaker também se posicionou firmemente contra a proposta da UE de criar uma nova diretiva para recriar as regras de direito penal em torno do material de abuso sexual infantil (EU-CSAM), que ela considera “absolutamente perigosa” por criar uma porta dos fundos na infraestrutura essencial.

A Saída da Signal do Reino Unido

Whittaker deixou claro que a Signal nunca aceitaria a implementação de portas dos fundos ou escaneamento de conteúdo em seus serviços, mesmo que isso significasse sair do Reino Unido caso a lei de segurança online fosse aplicada dessa forma.

Referências

Meredith Whittaker, da Signal, sobre o confronto de segurança do Telegram e os “Edge Lords” da OpenAI

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog
💬 Precisa de ajuda?